Diocese de Viana do Castelo •

Igreja Católica no Alto Minho

Contributo Pinitencial

Mensagem - Quaresma 2018

MENSAGEM PARA A VIVÊNCIA DA QUARESMA EM 2018
NA DIOCESE DE VIANA DO CASTELO

AGRADECE! – Eis a palavra de ordem para este ano pastoral em que celebramos os 40 anos da criação da nossa Diocese de Viana do Castelo. Trata-se, neste convite dirigido a cada diocesano, de algo fundamental para a comunhão que faz de todos nós uma comunidade cristã. Sem nos unirmos em ação de graças ao mesmo Deus e Pai de todos, jamais seremos Igreja.
É, aliás, desse modo que iniciamos a oração jubilar proposta para rezarmos todos os dias: “Senhor Deus, nosso Pai, damos-Te graças pelo Espírito que, por Jesus Cristo, teu Filho e Nosso Senhor, derramas sobre a Igreja.” E só depois ousamos pedir: “Olha com amor, para esta Diocese de Viana do Castelo, que celebra 40 anos de caminhada como Igreja particular.”

VER MAIS…

Mensagem para o tempo da Quaresma e da Páscoa 2012

1. "A Quaresma oferece-nos a oportunidade de reflectir mais uma vez sobre o cerne da vida cristã: o amor." É assim que o S. Padre Bento XVI inicia a sua mensagem para a Quaresma deste ano – um percurso, como ele acrescenta, "marcado pela oração e a partilha, pelo silêncio e o jejum, com a esperança de viver a alegria pascal." E desenvolve a sua reflexão, baseando-se na exortação de Heb 10, 24: Prestemos atenção uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras.

VER MAIS…

Contributo Penitencial 2011

Antes da festa do Páscoa, sabendo Jesus que chegara a sua hora de passar deste mundo para o Pai, Ele, que amara os seus que estavam no mundo, amou-os até ao fim. É assim que o Evangelho segundo S. João (13, 1) nos introduz no mistério pascal da morte e ressurreição de Cristo – o mistério do mais extremo amor de Deus pela humanidade. Os "seus" de que fala S. João, em primeiro lugar, somos nós, os cristãos que já vivemos desse e para esse amor. Celebrá-lo significa deixarmo-nos conquistar ou renovar por ele. E sabemos que é por ele que nos identificamos como cristãos: É por isto que todos saberão que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros – diz-nos Jesus, ainda na última Ceia (Jo 13, 35).

VER MAIS…